Notícias

WIZO traz a escritora carioca Luiza Valente a Porto Alegre

28.04.2016

Nascida no Rio de Janeiro, Luize Valente é escritora, documentarista e jornalista, com mais de 25 anos de experiência em televisão cobrindo assuntos internacionais (GloboNews, TV Globo, Bandeirantes, GNT). Formada em Jornalismo, pós-graduada em Literatura Brasileira pela PUC/RJ, sempre foi apaixonada por História, com especial fascínio por temas ligados ao Judaísmo e aos refugiados em tempos de guerra.

Na noite desta quarta-feira(27.04) Valente esteve em Porto Alegre para um debate com a comunidade judaica sobre seu novo livro: “Uma Praça em Antuérpia”. O evento que lotou o Auditório da FIRS, foi promovido pelo Grupo Meorot-Anna Goldstein, com o apoio dos grupos Chai, Emet-Tiferet, Koach, Liora e Prachim, da WIZO RS. O moderador da mesa foi o jornalista Leo Gerchmann.

Sobre o livro

O romance “Uma Praça em Antuérpia”, ambientado nos dias de hoje e durante a Segunda Guerra Mundial, conta a saga de duas irmãs portuguesas, Olívia e Clarice. Olívia se casa com um português e acaba vindo para o Brasil. Clarice casa-se com um judeu alemão e vai morar em Antuérpia, na Bélgica. Ambas vivem felizes, com maridos e filhos, até que a guerra começa e a Bélgica é invadida. Para escapar do nazismo, a família de Clarice conta com a ajuda do cônsul português Aristides Sousa Mendes, diplomata que salvou milhares de vidas de judeus e não judeus emitindo vistos de trânsito para Portugal, em 1940, enquanto atuou em Bordeaux, na França. A família recebe o visto, mas, ao chegar à fronteira de Portugal, um destino trágico a espera. Destino que vai mudar e marcar a vida das irmãs para sempre por causa de um segredo que só será revelado sessenta anos depois.

Sobre Luize Valente

É autora, com Elaine Eiger, do livro Israel: Rotas e Raízes (1999) e dos documentários Caminhos da Memória: A Trajetória dos Judeus em Portugal (2002) e A Estrela Oculta do Sertão (2005), ambos exibidos em vários festivais no Brasil e no exterior – como a Mostra no Lincoln Center, em Nova York, e nos Festivais de San Diego, Jerusalém, entre outros – e na televisão, constituindo importantes inventários do Judaísmo no mundo.
Com o primeiro ganhou o Prêmio de Melhor Direção de Documentário no New York Independent Film Festival de 2003 e com o segundo ganhou o Prêmio de Melhor Documentário no Festival de Cinema Judaico de São Paulo de 2005 .

A partir de 2012, envereda pela escrita ficcional, publicando na Editora Record o romance históricoO Segredo do Oratório (2012), com o qual foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura em 2013. Já na sua 4ª edição no Brasil, foi traduzido e publicado também na Holanda pela Nieuw Amsterdam (2013). Ainda em 2012, participou de mesas na Fliporto em Olinda e no Fórum das Letras em Ouro Preto, além de eventos literários e palestras em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Em 2015, foi lançado, igualmente pela Editora Record, seu segundo romance histórico, Uma Praça em Antuérpia (já na 2ª edição), o qual também atravessou o Atlântico: a edição portuguesa ficou a cargo da Editora Saída de Emergência. No mesmo ano, a escritora volta a participar de diversos eventos e congressos literários, como o Viagem Literária SP, o Fórum das Letras em Ouro Preto, a Fliporto em Olinda e viaja até Portugal para uma grande promoção mediática do seu livro, com entrevistas em todos os canais de televisão aberta, rádios, jornais e revistas.

Em 2016, lança sua primeira peça teatral, O Mundo Indecifrável, a ser dirigida por Gilberto Gawronski, e escreve seu terceiro romance histórico, Sonata em Auschwitz, a ser publicado pela Editora Record em 2017.

Leia Mais

Araújo e Netanyahu acertam detalhes da visita de Bolsonaro a Israel

Convidado pelos Estados Unidos e Polônia, o chanceler brasileiro está em Varsóvia participando de uma conferência sobre o Oriente...

Leia mais

15.02.2019

Reitor da melhor universidade de Israel desembarcou no Brasil para desenvolver programa aeroespacial

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo....

Leia mais

15.02.2019

“Necessária revisão na relação com Israel” – Ney Carvalho (O Globo)

A vinda de Benjamin Netanyahu à posse de Jair Bolsonaro e sua posterior condecoração com a Ordem do Cruzeiro...

Leia mais

15.02.2019

Conheça as startups mais valiosas de Israel

Israel ganhou fama de ser um oásis da tecnologia e passou a ter visibilidade graças ao empreendedorismo de sucesso...

Leia mais

15.02.2019

Quem é Davi Alcolumbre, o 1º judeu presidente do Senado?

O Senado elegeu neste sábado (2), o parlamentar Davi Alcolumbre (DEM-AP) como presidente. Ele obteve 42 dos 77 votos,...

Leia mais

08.02.2019