Notícias

WIZO traz a escritora carioca Luiza Valente a Porto Alegre

28.04.2016

Nascida no Rio de Janeiro, Luize Valente é escritora, documentarista e jornalista, com mais de 25 anos de experiência em televisão cobrindo assuntos internacionais (GloboNews, TV Globo, Bandeirantes, GNT). Formada em Jornalismo, pós-graduada em Literatura Brasileira pela PUC/RJ, sempre foi apaixonada por História, com especial fascínio por temas ligados ao Judaísmo e aos refugiados em tempos de guerra.

Na noite desta quarta-feira(27.04) Valente esteve em Porto Alegre para um debate com a comunidade judaica sobre seu novo livro: “Uma Praça em Antuérpia”. O evento que lotou o Auditório da FIRS, foi promovido pelo Grupo Meorot-Anna Goldstein, com o apoio dos grupos Chai, Emet-Tiferet, Koach, Liora e Prachim, da WIZO RS. O moderador da mesa foi o jornalista Leo Gerchmann.

Sobre o livro

O romance “Uma Praça em Antuérpia”, ambientado nos dias de hoje e durante a Segunda Guerra Mundial, conta a saga de duas irmãs portuguesas, Olívia e Clarice. Olívia se casa com um português e acaba vindo para o Brasil. Clarice casa-se com um judeu alemão e vai morar em Antuérpia, na Bélgica. Ambas vivem felizes, com maridos e filhos, até que a guerra começa e a Bélgica é invadida. Para escapar do nazismo, a família de Clarice conta com a ajuda do cônsul português Aristides Sousa Mendes, diplomata que salvou milhares de vidas de judeus e não judeus emitindo vistos de trânsito para Portugal, em 1940, enquanto atuou em Bordeaux, na França. A família recebe o visto, mas, ao chegar à fronteira de Portugal, um destino trágico a espera. Destino que vai mudar e marcar a vida das irmãs para sempre por causa de um segredo que só será revelado sessenta anos depois.

Sobre Luize Valente

É autora, com Elaine Eiger, do livro Israel: Rotas e Raízes (1999) e dos documentários Caminhos da Memória: A Trajetória dos Judeus em Portugal (2002) e A Estrela Oculta do Sertão (2005), ambos exibidos em vários festivais no Brasil e no exterior – como a Mostra no Lincoln Center, em Nova York, e nos Festivais de San Diego, Jerusalém, entre outros – e na televisão, constituindo importantes inventários do Judaísmo no mundo.
Com o primeiro ganhou o Prêmio de Melhor Direção de Documentário no New York Independent Film Festival de 2003 e com o segundo ganhou o Prêmio de Melhor Documentário no Festival de Cinema Judaico de São Paulo de 2005 .

A partir de 2012, envereda pela escrita ficcional, publicando na Editora Record o romance históricoO Segredo do Oratório (2012), com o qual foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura em 2013. Já na sua 4ª edição no Brasil, foi traduzido e publicado também na Holanda pela Nieuw Amsterdam (2013). Ainda em 2012, participou de mesas na Fliporto em Olinda e no Fórum das Letras em Ouro Preto, além de eventos literários e palestras em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Em 2015, foi lançado, igualmente pela Editora Record, seu segundo romance histórico, Uma Praça em Antuérpia (já na 2ª edição), o qual também atravessou o Atlântico: a edição portuguesa ficou a cargo da Editora Saída de Emergência. No mesmo ano, a escritora volta a participar de diversos eventos e congressos literários, como o Viagem Literária SP, o Fórum das Letras em Ouro Preto, a Fliporto em Olinda e viaja até Portugal para uma grande promoção mediática do seu livro, com entrevistas em todos os canais de televisão aberta, rádios, jornais e revistas.

Em 2016, lança sua primeira peça teatral, O Mundo Indecifrável, a ser dirigida por Gilberto Gawronski, e escreve seu terceiro romance histórico, Sonata em Auschwitz, a ser publicado pela Editora Record em 2017.

Leia Mais

FIRS participa da Mesa Diretora do Pacto Alegre

A FIRS participou, na última terça-feira (26), de reunião do movimento Pacto Alegre, que visa transformar Porto Alegre em...

Leia mais

29.03.2019

Comunidade Judaica convida estudantes para Feira das Universidades Israelenses

Estudantes de Porto Alegre tem atividade confirmada para ampliação do currículo profissional e acadêmico. No dia 10 de abril,...

Leia mais

29.03.2019

Novo júri de três acusados por ataque a judeus em 2005 é realizado em Porto Alegre

Começou na manhã desta quinta-feira (21) o novo júri de mais três acusados de atacar um grupo de judeus no bairro...

Leia mais

22.03.2019

Federação Israelita do Rio Grande do Sul lamenta atentado à Mesquitas na Nova Zelândia

Com profundo pesar, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul manifesta suas condolências aos familiares e vítimas do...

Leia mais

22.03.2019

FIRS recebe secretário de Ciência e Tecnologia

Na manhã de sexta-feira, 15 de março, a diretoria da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) recebeu...

Leia mais

22.03.2019