Notícias

Raul Pont diz na FIRS que quer poder público protagonista na economia da Capital

18.08.2016

Uma gestão que aposta e estimula a atividade econômica, abrindo oportunidades para a economia solidária e criativa. Assim Raul Pont pensa em administrar a prefeitura da Capital, caso seja eleito. O candidato pelo PT participou de café da manhã na sede da Federação Israelita, nesta quarta-feira, 17/08.

Pont usou as cervejarias artesanais como exemplo de economia criativa que pode ser incentivada pela administração municipal. “Esse é papel da prefeitura, estimular negócios. Ser protagonista neste processo”. Para ele, qualquer candidato terá dificuldades em função do orçamento apertado, mas acredita que é possível criar novas soluções. Neste ponto, Wremyr Scliar, concordou que é preciso criatividade para superar “a ideia de que não se pode fazer nada porque não tem da onde tirar”.

Pont defendeu ainda o setor da construção civil que, na sua avaliação, além de estimulador de outros segmentos da economia, tem um caráter social ao proporcionar moradia e dignidade para pessoas de baixa renda, assim como a atividade industrial como indutor da geração de empregos. “A indústria não pode ser abandonada porque a sociedade ainda não inventou nada melhor para gerar empregos”.

Quando questionado sobre a relação do Partido dos Trabalhadores com a comunidade judaica, afirmou que quer a participação de todos na sua administração, sem distinção. Lembrou a Festa das Nações, evento que era promovido em Porto Alegre e que reunia todas as comunidades em um grande momento festivo, como exemplo de atividade para incentivar a união. “É preciso estimular encontros dessa natureza para promover a congregação entre todos”. Neste ponto, ele defendeu o processo democrático e a participação de toda a sociedade na gestão e implementação de melhorias para a cidade. “Não consigo imaginar governo sem projeto coletivo”.

Questionado sobre como avalia o conflito no Oriente Médio, ele se mostrou favorável à criação do estado Palestino, com uma resolução baseada na racionalidade. “Não vejo saída senão a coexistência pacífica, através de um diálogo movido pela razão. Governos devem ter capacidade de construir diálogos”.

Raul Pont é um crítico da interferência religiosa na política. Para ele, a influência da religião na política é um desastre, porque leva a debates movidos por emoções e sentimos. “Quando entramos nesta esfera não tem conversa”. Ele é um defensor de um estado laico.

O presidente da FIRS, Zalmir Chwartzmann, criticou a postura do PT, ao longo dos últimos anos, com Israel. “Achamos que o PT foi hostil com o Estado de Israel e é preciso dizer do nosso sentimento com relação a isso, já que aqui a Federação Israelita é uma espécie de representante do país”.

No âmbito nacional, o deputado Federal Henrique Fontana, que acompanhava o candidato, fez uma mea culpa pelo partido afirmando que o maior erro do PT foi não ter promovido a necessária reforma política do país, quando havia ambiente político para isso. “Nosso maior erro foi não ter jogado todas as fichas para alterar a história da política”.

Confira as fotos do encontro.

Leia Mais

Novo júri de três acusados por ataque a judeus em 2005 é realizado em Porto Alegre

Começou na manhã desta quinta-feira (21) o novo júri de mais três acusados de atacar um grupo de judeus no bairro...

Leia mais

22.03.2019

Federação Israelita do Rio Grande do Sul lamenta atentado à Mesquitas na Nova Zelândia

Com profundo pesar, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul manifesta suas condolências aos familiares e vítimas do...

Leia mais

22.03.2019

FIRS recebe secretário de Ciência e Tecnologia

Na manhã de sexta-feira, 15 de março, a diretoria da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) recebeu...

Leia mais

22.03.2019

Escritório da Agência Judaica passará a funcionar no prédio da FIRS em 2019

Na última semana, o presidente da FIRS, Sebastian Watenberg e o Diretor Executivo, Eduardo Gross, reuniram-se com o Representante...

Leia mais

22.03.2019

Nota Oficial: Invasões nos cemitérios judaicos de Porto Alegre

A Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS), como forma de prestar esclarecimentos à Comunidade, se manifesta sobre...

Leia mais

11.03.2019