Notícias

“Quatro anos sem Nisman: a verdade é a melhor homenagem”

18.01.2019

Com razão se afirma que o promotor argentino Alberto Nisman foi a 86ª vítima do atentado à organização judaica AMIA, em 18 de julho de 94. Nisman foi morto no dia 18 de janeiro de 2015, vinte anos depois do ataque terrorista que matou 85 pessoas e deixou mais de 300 feridos na sede da AMIA em Buenos Aires, sem que até hoje ninguém tenha sido punido.

Nisman vinha investigando o atentado e se preparava para denunciar no Congresso a então presidente Cristina Kirchner pelo suspeito acordo com o Irã, pelo qual funcionários iranianos envolvidos no ataque à AMIA seriam protegidos em troca de benefícios comerciais à Argentina.

O acordo, assinado em 2013 entre os dois países, favorecia o ex-presidente iraniano Ali Akbar Rafsanjani, o ex-ministro da Inteligência e Segurança do Irã Alí Fallahijan e o então ministro da Defesa Ahmad Vahidi, entre outros. O vergonhoso acordo, assinado pelos chanceleres Héctor Timerman e Alí A. Salehi, conseguiu seu objetivo principal quando, enviado à Interpol, a polícia internacional suspendeu a ordem de captura dos envolvidos no atentado. Cristina Kirchner chamou de ‘golpistas’ os que a acusavam e se beneficiou da imunidade parlamentar que tinha como senadora para evitar a sua prisão.

As investigações sobre a morte de Nisman parecem seguir um roteiro semelhante ao do atentado à AMIA, com uma sequência de impedimentos burocráticos e de obstrução da justiça.

E o único caminho possível para a reparação, ainda que parcial, dessa mancha na sociedade argentina é vencer o desafio de se romper com os entraves burocráticos em busca da verdade e da punição dos responsáveis.

Israel vai inaugurar hoje monumento em homenagem a Alberto Nísman. Promovida pelo Keren Kayemet LeIsrael (KKL), a homenagem a Nisman contará com a presença de autoridades políticas e diplomáticas, entre elas o embaixador argentino e o presidente da AMIA, além da mãe de Nisman, Sara Garfunkel (La Nacion – editorial).

 

Fonte: CONIB/La Nación

Leia Mais

FIRS participa da Mesa Diretora do Pacto Alegre

A FIRS participou, na última terça-feira (26), de reunião do movimento Pacto Alegre, que visa transformar Porto Alegre em...

Leia mais

29.03.2019

Comunidade Judaica convida estudantes para Feira das Universidades Israelenses

Estudantes de Porto Alegre tem atividade confirmada para ampliação do currículo profissional e acadêmico. No dia 10 de abril,...

Leia mais

29.03.2019

Novo júri de três acusados por ataque a judeus em 2005 é realizado em Porto Alegre

Começou na manhã desta quinta-feira (21) o novo júri de mais três acusados de atacar um grupo de judeus no bairro...

Leia mais

22.03.2019

Federação Israelita do Rio Grande do Sul lamenta atentado à Mesquitas na Nova Zelândia

Com profundo pesar, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul manifesta suas condolências aos familiares e vítimas do...

Leia mais

22.03.2019

FIRS recebe secretário de Ciência e Tecnologia

Na manhã de sexta-feira, 15 de março, a diretoria da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) recebeu...

Leia mais

22.03.2019