Notícias

Presidente da Argentina encontra-se com sobreviventes do atentado a bomba contra a embaixada de Israel em Buenos Aires em 1992

16.03.2017

Maurício Macri é o primeiro presidente argentino a se encontrar com sobreviventes deste ataque terrorista. Presidentes anteriores encontram-se apenas com familiares das vítimas.

Macri vai receber um grupo de 30 israelenses na sexta-feira pela manhã na residência oficial, antes da cerimônia que marca os 25 anos deste ataque no coração de Buenos Aires. A embaixada destruída foi transformada numa praça memorial que inclui os escombros.

Entre os convidados estarão  Daniel Carmon, embaixador atual de Israel na Índia e Sri Lanka que perdeu sua esposa Eliora, no atentado. O embaixador Yitzhak Shefi, era o líder da delegação israelense em 1992, sobreviveu e estará presente.

Na cerimônia realizada no dia 6 de março em Jerusalém, data do ataque pelo calendário judaico, o primeiro-ministro Bibi Netanyhu acusou novamente o Irã pelo ataque. Leve em consideração que o presidente Carlos Menen, era muçulmano sírio alawita, a mesma facção xiita de Bashar Assad, que luta com unhas e dentes (dos outros) para se manter no poder e praticou uma conversão ao catolicismo para poder se candidatar à presidência argentina, país onde Estado e Igreja não estão separados e apenas católicos podem ser presidentes. No primeiro governo de Menem foi atacada a embaixada de Israel e no segundo, a AMIA.

O que é para causar estranheza da forma como os próprios argentinos veem as vítimas destes ataques como um “assunto judaico” é o fato da notícia do evento de sexta-feira que vem não contemplar os sobreviventes não judeus. Sabe-se exatamente quem foram as vítimas deste ataque de 1992. Entre os mortos, 12 eram cristãos e 9 eram judeus. Das 250 pessoas que restaram feridas a grande maioria não era composta por judeus, apenas os que se encontravam dentro da embaixada. Todas as outras vítimas estavam na rua e nos imóveis defronte à embaixada. Estas vítimas, necessariamente deveriam ser contempladas nesta cerimônia.

 

Fonte: Menorah Brasil

 

Leia Mais

Araújo e Netanyahu acertam detalhes da visita de Bolsonaro a Israel

Convidado pelos Estados Unidos e Polônia, o chanceler brasileiro está em Varsóvia participando de uma conferência sobre o Oriente...

Leia mais

15.02.2019

Reitor da melhor universidade de Israel desembarcou no Brasil para desenvolver programa aeroespacial

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo....

Leia mais

15.02.2019

“Necessária revisão na relação com Israel” – Ney Carvalho (O Globo)

A vinda de Benjamin Netanyahu à posse de Jair Bolsonaro e sua posterior condecoração com a Ordem do Cruzeiro...

Leia mais

15.02.2019

Conheça as startups mais valiosas de Israel

Israel ganhou fama de ser um oásis da tecnologia e passou a ter visibilidade graças ao empreendedorismo de sucesso...

Leia mais

15.02.2019

Quem é Davi Alcolumbre, o 1º judeu presidente do Senado?

O Senado elegeu neste sábado (2), o parlamentar Davi Alcolumbre (DEM-AP) como presidente. Ele obteve 42 dos 77 votos,...

Leia mais

08.02.2019