Notícias

Mulheres da SIBRA são pioneiras no país no ritual de colocação dos Tefilin

23.12.2015

O termo Tefilin é reminescente da palavra Tefilá (prece). Consiste em duas pequenas caixas quadradas que formam um quadrado perfeito com tiras de couro devem ser pintadas de preto, sem qualquer falha. Dentro de cada caixa encontram-se escritos em pergaminho com quatro parágrafos da Torá. No ritual de uso, uma das caixas é colocada sob a cabeça e a outra no braço esquerdo, sendo a tira de couro deste enrolada desde a parte superior do braço até a mão. A Torá descreve Tefilin como um sinal de envolvimento do indivíduo expressando seus sentimentos básicos de identificação e valores judaicos. As tiras, estendendo-se do braço para a mão e da cabeça às pernas significam a transmissão da energia intelectual e emocional para as mãos e os pés, simbolizando sentimento e ação. O próprio ato de colocar Tefilin fornece uma infusão de força espiritual ao seu usuário, capacitando-o a viver uma vida em harmonia e total equilíbrio da mente, coração e ação. Os Tefilin nos ensinam que os desejos do coração podem e devem ser dominados e elevados por intermédio dos princípios da Torá.

As correntes mais conservadoras do judaísmo atribuem a Mitzvá(o dever) de colocar os Tefilin apenas para os homens, a partir do seu Bar-Mitzvá (13 anos), quando se celebra sua maioridade frente a comunidade. Hoje em dia, as correntes mais liberais, tradicionalistas e reformistas, mobilizadas principalmente pelas suas representantes mulheres, questionam a ‘proibição’ ou a ‘não ecitação’ de que elas possam praticar certos rituais da mesma forma que os homens. Foi assim como uso da Kipá e do Talit, demandas que levaram muito tempo para serem conquistadas.

Em Israel, um grupo de mulheres chamado ‘Nashot Hakotel’ – As Mulheres do Kotel(em referência ao Kotel Hamaravi, O Muro Ocidental, também conhecido como Muro das Lamentações, vem se destacando na mídia por sua luta em conquistar o direito de rezar e ler a Torá no espaço destinado às mulheres em frente ao Kotel. O que ainda é considerado uma espécie de ‘heresia’ para os mais conservadores que dominam a área. Elas representam, para muitos judeus do mundo a vanguarda no que diz respeito ao ritualismo judaico tradicional.

Fazendo História

Em Porto Alegre, mesmo gerando polêmicas, mas seguindo a inspiração de outras comunidades, principalmente americanas e o exemplo das ‘Nashot HaKotel’,  o dia 17 de dezembro de 2015 entrou para a história da SIBRA e da comunidade judaica gaúcha e brasileira. Pela primeira vez um grupo de mulheres colocou tefilin durante a reza de Shacharit, acompanhadas pelo rabino Guershon Kwasniewski. O Grupo reuniu-se previamente, suas componentes estudaram, se prepararam e entenderam o significado dos tefilin. Assim como Michal, filha do Rei Shaúl, assim como as filhas de Rashi, as gaúchas Gladis Blumenthal, Simone Wajner,Lígia Kijner, Manu Kijner, Carol Wajner, Julia Sandler, Ilana Raizler Gandin, Sabine Raizler, comandadas pela Morá Carla Knijnik.

A Chazanit Carla knijnik foi a responsável o projeto e, inclusive estabeleceu contato com o movimento inspirador de Israel que cumprimentou o grupo pela iniciativa.

tefilim SIBRA0

 

Leia Mais

Araújo e Netanyahu acertam detalhes da visita de Bolsonaro a Israel

Convidado pelos Estados Unidos e Polônia, o chanceler brasileiro está em Varsóvia participando de uma conferência sobre o Oriente...

Leia mais

15.02.2019

Reitor da melhor universidade de Israel desembarcou no Brasil para desenvolver programa aeroespacial

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo....

Leia mais

15.02.2019

“Necessária revisão na relação com Israel” – Ney Carvalho (O Globo)

A vinda de Benjamin Netanyahu à posse de Jair Bolsonaro e sua posterior condecoração com a Ordem do Cruzeiro...

Leia mais

15.02.2019

Conheça as startups mais valiosas de Israel

Israel ganhou fama de ser um oásis da tecnologia e passou a ter visibilidade graças ao empreendedorismo de sucesso...

Leia mais

15.02.2019

Quem é Davi Alcolumbre, o 1º judeu presidente do Senado?

O Senado elegeu neste sábado (2), o parlamentar Davi Alcolumbre (DEM-AP) como presidente. Ele obteve 42 dos 77 votos,...

Leia mais

08.02.2019