Notícias

Idealizadores do Iom Mitzvah – Dia da Caridade – recebem Diploma de Honra ao Mérito de Porto Alegre

16.06.2017

A Câmara Municipal de Porto Alegre realizou na tarde desta terça-feira (13/6) Sessão Solene que concedeu Diploma de Honra ao Mérito ao professor Ilton Gitz e ao Rabino Daniel Presman, idealizadores e promotores da campanha do agasalho Iom Mitzvah (Dia da Caridade), organizada desde 2012 pela comunidade judaica de Porto Alegre. Proposta pelo vereador Valter Nagelstein (PMDB), a homenagem ocorreu no Plenário Otávio Rocha.

Em sua fala na tribuna, Nagelstein reiterou seu compromisso com a comunidade judaica. “Sempre tenham em mim um porta voz dos anseios da nossa comunidade”, disse. Ele destacou que Porto Alegre convive com diversas campanhas comunitárias que levam às pessoas a possibilidade de exercer aquela vontade mais intrínseca do ser humano, a de auxiliar, de ajudar e de colaborar. “Em suma, a vontade de fazer o bem. A essa oportunidade que nos bate à porta, de fazermos a bondade a pessoas necessitadas, a tradição hebraica dá o nome de Mitzvá (caridade)”, explicou.

O parlamentar lembrou que a campanha do agasalho Iom Mitzvah (Dia da Caridade), organizada pela comunidade judaica de Porto Alegre, surgiu em 2012, tendo como idealizadores e promotores o professor Ilton Gitz e o rabino Daniel Presman, ambos professores do Colégio Israelita Brasileiro e destacados ativistas sociais. “O inverno rigoroso comoveu os dois educadores, que resolveram alugar caminhões e carros de som e, percorrendo as ruas do Bairro do Bom Fim e arredores, arrecadaram roupas e cobertores para a campanha do agasalho da Prefeitura Municipal de Porto Alegre”, ressalta.

Ainda segundo o proponente, com o passar dos anos, as campanhas e os resultados tornaram-se cada vez maiores. “Em 2017, a campanha do agasalho Iom Mitzvah ultrapassa 50 mil peças de roupas em um único dia”, aponta o vereador, dizendo que a mobilização “evidencia que o poder para mudar as coisas está dentro de cada um de nós. A Câmara representa toda a população de Porto Alegre, e o que esta Casa deseja hoje é recompensar o que de melhor se pode alcançar:  exemplo de justiça social, compaixão e de solidariedade”.

Solidariedade

O professor Gitz lembrou que quando tinha 5 anos de idade sempre levava um prato de comida que sua mãe preparava para um senhor de origem humilde que morava em uma garagem. “Ali aprendi a solidariedade. A busca do sentido da vida necessariamente transcende o eu. O processo evolutivo quando os indivíduos colaboram uns com os outros é maior”, disse. Gitz ainda citou diversos autores e finalizou. “A permanência da Campanha do Agasalho se deve ao envolvimento de muitas entidades e aos mais de 200 jovens que nos dão a esperança de que é possível fazer um Brasil melhor. É um dever ser solidário. Somos todos feitos da mesma carne sofrente”.

O rabino Presman destacou que Nagelstein é um grande defensor das iniciativas que tornam a nossa cidade um lugar melhor. “No primeiro ano do projeto, em 2012, eu liguei para o vereador, expliquei rapidamente e no dia seguinte, em um domingo de manhã, lá estava Nagelstein bem cedo para trabalhar conosco. O Talmud nos diz que todos somos responsáveis uns pelos outros. Ninguém é livre para se isentar da responsabilidade de mudar alguma coisa. Nosso trabalho faz a diferença”, declarou. O rabino ressaltou que o grande segredo do projeto é ser capaz de romper barreiras. “Quando vamos às ruas não somos judeus, somos cidadãos de Porto Alegre, humanos, todos irmãos. É preciso saber se colocar no lugar do outro”, afirmou.

O presidente da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, Zalmir Chwartzmann, citou o escritor Saramago: “A seu o que é de seu por direito”, ao destacar que a homenagem foi justa. “Esse é um merecido reconhecimento aos membros que criaram esse projeto maravilhoso que traz aquilo que o ser humano mais precisa na hora da necessidade: carinho. Nossa comunidade responde muito bem a esse projeto, alem de ter uma atitude pedagógica nossa em relação aos nossos jovens, o exercício da solidariedade”, concluiu.

A homenagem foi presidida pela vereadora Mônica Leal (PP). Também prestigiaram a sessão a secretária municipal de Desenvolvimento Social adjunta, Denise Ries Russo, representando o prefeito Nelson Marchezan Junior, e o vereador Reginaldo Pujol (DEM).

Texto: Lisie Venegas (reg. prof. 13.688)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)

Fonte: CMPA

Fotos: Ederson Nunes -CMPA

Leia Mais

FIRS participa da Mesa Diretora do Pacto Alegre

A FIRS participou, na última terça-feira (26), de reunião do movimento Pacto Alegre, que visa transformar Porto Alegre em...

Leia mais

29.03.2019

Comunidade Judaica convida estudantes para Feira das Universidades Israelenses

Estudantes de Porto Alegre tem atividade confirmada para ampliação do currículo profissional e acadêmico. No dia 10 de abril,...

Leia mais

29.03.2019

Novo júri de três acusados por ataque a judeus em 2005 é realizado em Porto Alegre

Começou na manhã desta quinta-feira (21) o novo júri de mais três acusados de atacar um grupo de judeus no bairro...

Leia mais

22.03.2019

Federação Israelita do Rio Grande do Sul lamenta atentado à Mesquitas na Nova Zelândia

Com profundo pesar, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul manifesta suas condolências aos familiares e vítimas do...

Leia mais

22.03.2019

FIRS recebe secretário de Ciência e Tecnologia

Na manhã de sexta-feira, 15 de março, a diretoria da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) recebeu...

Leia mais

22.03.2019