Notícias

Google endurece medidas para tirar conteúdo extremista do YouTube

23.06.2017

O Google adotará novas medidas para identificar e remover conteúdo ligado ao terrorismo, violência extremista e discurso de ódio do YouTube.

A empresa disse que adotará uma posição mais dura em relação a vídeos contendo conteúdo supremacista ou inflamatório, ao emitir alertas e não monetizá-los ou recomendá-los aos usuários, mesmo que os vídeos não violem claramente os termos da página.

O Google empregará mais recursos em engenharia e aumentará o uso de tecnologia para identificar vídeos extremistas, além de treinar novos avaliadores de conteúdo para rapidamente identificar e remover esse tipo de material.

“A verdade desconfortável é que reconhecemos ser necessário fazer mais contra a violência. E já”, disse Kent Walker, conselheiro-geral do Google.

A empresa também expandirá colaborações para identificar conteúdo que possa ser usado para radicalizar e recrutar extremistas. Também abordará potenciais recrutas do Estado Islâmico por meio de publicidade direcionada, em um esforço para fazê-los mudar de ideia.

Fonte: Folha de S.Paulo

Leia Mais

Nota Oficial: Invasões nos cemitérios judaicos de Porto Alegre

A Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS), como forma de prestar esclarecimentos à Comunidade, se manifesta sobre...

Leia mais

11.03.2019

Denúncia da FIRS sobre postagens de ódio é acolhido pelo MPF em Brasília

Um caso de racismo proferido através de um perfil da rede social Facebook foi denunciado há alguns dias pela...

Leia mais

26.02.2019

Araújo e Netanyahu acertam detalhes da visita de Bolsonaro a Israel

Convidado pelos Estados Unidos e Polônia, o chanceler brasileiro está em Varsóvia participando de uma conferência sobre o Oriente...

Leia mais

15.02.2019

Reitor da melhor universidade de Israel desembarcou no Brasil para desenvolver programa aeroespacial

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo....

Leia mais

15.02.2019

“Necessária revisão na relação com Israel” – Ney Carvalho (O Globo)

A vinda de Benjamin Netanyahu à posse de Jair Bolsonaro e sua posterior condecoração com a Ordem do Cruzeiro...

Leia mais

15.02.2019