Notícias

Estado de Israel receberá homenagem da Câmara de Vereadores de Porto Alegre

05.05.2017

A passagem dos 69 anos de criação do Estado de Israel ganhará homenagem da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. A sessão solene proposta pelo vereador Valter Nalgestein é aberta ao público e contará com as presenças do presidente da CONIB, Fernando Lottenberg e da Representante da Agência Judaica no brasil, Revital Poleg, além da Diretoria da FIRS e representantes da comunidade judaica do Estado.

A sessão solene que comemora os 69 anos da criação do Estado de Israel acontece no dia 09/05 – terça-feira, às 19h, no Plenário Otávio Rocha – Av. loureiro da Silva, 255.

“Em tempos de recrudescimento do antissemitismo travestido de antissionismo, de campanhas contra Israel na UNESCO e na ONU, homenagens como essa que destacam os diversos aspectos positivos do Estado de Israel são momentos muito importantes para a comunidade judaica” afirma o presidente da FIRS, Zalmir Chwartzmann.

O Estado de Israel foi proclamado no dia 14 de maio de 1948, de acordo com o plano de partilha da ONU de 1947. Menos de 24 horas depois, os exércitos regulares do Egito, Jordânia, Síria, Líbano e Iraque invadiram o país, forçando Israel a defender a soberania que acabara de reconquistar em sua pátria ancestral. Nesta luta – conhecida como a Guerra de Independência de Israel – as recém-formadas Forças de Defesa de Israel (FDI), pobremente equipadas, rechaçaram os invasores em lutas ferozes e intermitentes, que se prolongaram por 15 meses, e custou a vida de 6.000 israelenses (quase 1% da população judaica no país na época).

No transcurso dos primeiros meses de 1949, realizaram-se negociações diretas, sob os auspícios da ONU, entre Israel e cada um dos países invasores (exceto o Iraque, que se recusou a negociar com Israel até hoje); o resultado foi a assinatura de acordos de armistício, que refletiam as posições no final dos combates. Em conseqüência, a planície costeira, a Galiléia e todo o Neguev ficaram sob soberania israelense, a Judéia e a Samaria (a Margem Ocidental) ficaram sob o domínio da Jordânia e a Faixa de Gaza, sob administração egípcia; a cidade de Jerusalém ficou dividida, cabendo à Jordânia o controle da parte oriental, inclusive a Cidade Velha, e a Israel, o setor ocidental da cidade.

Leia Mais

FIRS participa da Mesa Diretora do Pacto Alegre

A FIRS participou, na última terça-feira (26), de reunião do movimento Pacto Alegre, que visa transformar Porto Alegre em...

Leia mais

29.03.2019

Comunidade Judaica convida estudantes para Feira das Universidades Israelenses

Estudantes de Porto Alegre tem atividade confirmada para ampliação do currículo profissional e acadêmico. No dia 10 de abril,...

Leia mais

29.03.2019

Novo júri de três acusados por ataque a judeus em 2005 é realizado em Porto Alegre

Começou na manhã desta quinta-feira (21) o novo júri de mais três acusados de atacar um grupo de judeus no bairro...

Leia mais

22.03.2019

Federação Israelita do Rio Grande do Sul lamenta atentado à Mesquitas na Nova Zelândia

Com profundo pesar, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul manifesta suas condolências aos familiares e vítimas do...

Leia mais

22.03.2019

FIRS recebe secretário de Ciência e Tecnologia

Na manhã de sexta-feira, 15 de março, a diretoria da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) recebeu...

Leia mais

22.03.2019