Notícias

Delegação Olímpica Israelense se despede do presidente antes de partir rumo ao Rio de Janeiro

15.07.2016

A delegação Olímpica e Paraolímpica de Israel reuniu-se com o presidente Reuven Rivlin, na residência do presidente, antes de partir para o Rio de Janeiro, onde eles vão competir nos Jogos Olímpicos de 2016.

“Eu posso ver que vocês estão calmos, mas alertas, prontos para qualquer desafio”, disse o Presidente aos atletas. “Sua preparação foi excelente e agora é a hora de colher os frutos de seus esforços. Nós acreditamos em vocês e sei que vocês podem e vão voltar para casa com medalhas olímpicas “.

A ministra da Cultura e dos Esportes, Miri Regev, pronunciou-se sobre os países que não reconhecem Israel e que não permitem que seus atletas possam competir contra os israelenses.

“Infelizmente, há países ainda hoje que exploram os Jogos Olímpicos para ganho político e discriminam atletas israelenses”, ela lamentou. “Isto representa o novo antissemitismo e precisamos combatê-lo. Quando vocês estiverem nos campos e salas de eventos (Olímpicos), lembrem-se que um país inteiro em casa está orando para o vosso sucesso. ”

A equipe olímpica de Israel é a maior de sua história com 47 atletas e vai competir em muitos dos vários eventos desportivos realizados nos Jogos.

“Somos uma equipe pequena em comparação com outros países, mas temos qualidade e somos determinados”, disse o presidente do Comitê Olímpico de Israel Igal Carmi. “Estou muito orgulhoso da equipe israelense. Estamos prontos para competir no mais alto nível.”

A ginasta rítmica Neta Rivkin foi selecionada para portar a bandeira israelense na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos. Os Jogos de 2016 será sua Terceira participação pois ela competiu em Londres e Pequim.

“Quando me disseram que eu estaria segurando a bandeira, eu senti que eu estava cumprindo um outro sonho pessoal”, disse ela. “Em nome de todos os atletas, posso prometer que todos nós faremos o nosso melhor. Todos nós queremos trazer momentos de alegria para o povo de Israel. ”

Os Jogos Paraolímpicos terão início no Rio, duas semanas após o fim dos Jogos Olímpicos. Eles serão realizados nas mesmas instalações e sob o mesmo Conselho do BCE. A delegação israelense para estes Jogos inclui 30 atletas, tanto judeus como árabes, e pela primeira vez na história, a metade deles são mulheres.

 

Fonte: Ynet e Noticias da Rua Judaica

Leia Mais

Araújo e Netanyahu acertam detalhes da visita de Bolsonaro a Israel

Convidado pelos Estados Unidos e Polônia, o chanceler brasileiro está em Varsóvia participando de uma conferência sobre o Oriente...

Leia mais

15.02.2019

Reitor da melhor universidade de Israel desembarcou no Brasil para desenvolver programa aeroespacial

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo....

Leia mais

15.02.2019

“Necessária revisão na relação com Israel” – Ney Carvalho (O Globo)

A vinda de Benjamin Netanyahu à posse de Jair Bolsonaro e sua posterior condecoração com a Ordem do Cruzeiro...

Leia mais

15.02.2019

Conheça as startups mais valiosas de Israel

Israel ganhou fama de ser um oásis da tecnologia e passou a ter visibilidade graças ao empreendedorismo de sucesso...

Leia mais

15.02.2019

Quem é Davi Alcolumbre, o 1º judeu presidente do Senado?

O Senado elegeu neste sábado (2), o parlamentar Davi Alcolumbre (DEM-AP) como presidente. Ele obteve 42 dos 77 votos,...

Leia mais

08.02.2019