Notícias

Conib encontra ministro da Justiça e secretárias dos Direitos Humanos e da Igualdade Racial

21.10.2016

Uma delegação da Conib, encabeçada por seu presidente, Fernando Lottenberg, esteve em Brasília nesta terça-feira, 18 de outubro, para encontros com o Ministro da Justiça, Dr. Alexandre de Moraes; a Secretária dos Direitos Humanos, Dra. Flávia Piovesan; e a secretária de Promoção da Igualdade Racial, Desa. Luislinda Valois. Também participaram Octavio Aronis, diretor de Segurança Institucional da Conib; Rony Vainzof, secretário; e o assessor Alon Feuerwerker.

Na reunião com Moraes, foram abordadas questões de segurança pública, os perigos do terrorismo no Brasil e no mundo, a aplicação da Lei Antiterror, as investigações de crimes cibernéticos e os crimes de ódio.

A Conib sugeriu maior investimento nas delegacias especializadas em crimes cibernéticos e a criação de mais delegacias estaduais especializadas em crimes de preconceito racial.

A entidade também parabenizou o ministro pelo trabalho realizado durante as Olimpíadas e agradeceu o apoio da Policia Federal.

No encontro com Flávia Piovesan, a Conib propôs a capacitação de educadores da área de humanas, com o objetivo de sensibilizá-los ao tema da intolerância racial e instruí-los sobre o ensino do Holocausto.

A entidade apresentou seus projetos e ações para o combate à intolerância. Entre eles, a organização no Brasil da cerimônia do dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, a criação da Rede de escolas Anne Frank, a divulgação da história do nazismo e do antissemitismo, com o apoio à publicação de livros como “Dez Mitos Sobre os Judeus”, da professora Tucci Carneiro, e “A Cozinha Venenosa”, de Silvia Bittencourt.

Também mencionou a participação de jovens da comunidade judaica paulistana em programas voltados à inclusão de refugiados oriundos da África, predominantemente, do Oriente Médio e da América Central.

Outra proposta apresentada pela Conib diz respeito à construção jurídica do conceito de discurso de ódio no Brasil, com a realização de pesquisa abrangente que traga subsídios para a compreensão e o enfrentamento do discurso de ódio, mediante autorregulação dos provedores de internet e aprimoramento da legislação. Também foi tratada a prevenção deste discurso com ações educativas, como, por exemplo, o Programa Humaniza Redes.

A delegação da Conib também encontrou a secretária de Promoção da Igualdade Racial, Luislinda Valois. O tema da conversa foi a participação da entidade, desde 2003, no Conselho Nacional de Políticas de Igualdade Racial da SEPPIR- Secretária Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, estrutura subordinada ao Ministério da Justiça. Adicionalmente foi abordada a participação da comunidade judaica no Grupo de Trabalho da Igualdade Racial da Coordenadoria Especial de Promoção das Políticas de Igualdade Racial no Rio de Janeiro (CEPPIR).

 

Publica originalmente no Site da CONIB

Leia Mais

Araújo e Netanyahu acertam detalhes da visita de Bolsonaro a Israel

Convidado pelos Estados Unidos e Polônia, o chanceler brasileiro está em Varsóvia participando de uma conferência sobre o Oriente...

Leia mais

15.02.2019

Reitor da melhor universidade de Israel desembarcou no Brasil para desenvolver programa aeroespacial

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo....

Leia mais

15.02.2019

“Necessária revisão na relação com Israel” – Ney Carvalho (O Globo)

A vinda de Benjamin Netanyahu à posse de Jair Bolsonaro e sua posterior condecoração com a Ordem do Cruzeiro...

Leia mais

15.02.2019

Conheça as startups mais valiosas de Israel

Israel ganhou fama de ser um oásis da tecnologia e passou a ter visibilidade graças ao empreendedorismo de sucesso...

Leia mais

15.02.2019

Quem é Davi Alcolumbre, o 1º judeu presidente do Senado?

O Senado elegeu neste sábado (2), o parlamentar Davi Alcolumbre (DEM-AP) como presidente. Ele obteve 42 dos 77 votos,...

Leia mais

08.02.2019