Notícias

Ano-novo Judaico: nos colocamos em julgamento perante o Todo Poderoso

14.09.2018

Judeus de todo o mundo estão vivendo um período de introspecção que inicia hoje, dia 9 de setembro, com o Rosh Hashaná – Ano Novo Judaico e se encerra no dia 19, com o Iom Kipur – O Dia do Perdão.

Esses dez dias são conhecidos como Iamim Noraim – Os Dias Temíveis, pois, como indivíduos, nos colocamos em julgamento perante o Todo Poderoso. Fazemos uma autoanálise do ano, procurando entender onde erramos e onde acertamos, o que precisamos manter e o que devemos melhorar. Como povo, as lembranças remetem-nos aos séculos de exílio e escravidão, aos preconceitos e à discriminação. Recordamos momentos fundamentais da nossa trajetória, como a saída do Egito, a destruição do Segundo Templo de Salomão e a Diáspora – nossa dispersão forçada pelo mundo, as perseguições na Idade Média, a tragédia da Shoá – o Holocausto, até o reencontro trajado de esperança com a terra prometida, na criação e independência do Estado de Israel.

Como judeu, líder comunitário, cidadão brasileiro e do Mundo, nesse momento de elevação espiritual, não posso deixar de pensar também nas mazelas e perigos que afligem a humanidade. Fecho os olhos em minhas preces e não posso ignorar a violência de nossa sociedade, os discursos de ódio, a polarização política semeada de intolerância. Oro pelos nossos vizinhos venezuelanos, pelos famintos da África, pelas vítimas das “Guerras Santas” e das ideologias nefastas que desumanizam aqueles que são diferentes. Peço que, o mais pronto possível, o Povo de Israel possa viver em paz com seus vizinhos.

O Talmud, livro de ensinamentos dos judeus, diz: “Sobre três coisas repousa o mundo – justiça, verdade e paz”. A verdade faz parte dos valores judaicos como o ar que respiramos. O desejo e a esperança dos judeus do mundo inteiro, a cada Rosh Hashana é um só: que traga para todos os povos e todos os homens um mundo de justiça, verdade e paz, com a certeza de que, enquanto um único homem não for livre e não contar com a solidariedade de seu próximo, a humanidade não será justa, a verdade não vigorará e não haverá paz. Feliz 5779 para todos. Shaná Tová.

Zalmir Chwartzmann – Presidente da FIRS

 

*publicado no site da Gaúcha ZH, no portal Clic RBS, no dia 09 de setembro

Leia Mais

FIRS participa da Mesa Diretora do Pacto Alegre

A FIRS participou, na última terça-feira (26), de reunião do movimento Pacto Alegre, que visa transformar Porto Alegre em...

Leia mais

29.03.2019

Comunidade Judaica convida estudantes para Feira das Universidades Israelenses

Estudantes de Porto Alegre tem atividade confirmada para ampliação do currículo profissional e acadêmico. No dia 10 de abril,...

Leia mais

29.03.2019

Novo júri de três acusados por ataque a judeus em 2005 é realizado em Porto Alegre

Começou na manhã desta quinta-feira (21) o novo júri de mais três acusados de atacar um grupo de judeus no bairro...

Leia mais

22.03.2019

Federação Israelita do Rio Grande do Sul lamenta atentado à Mesquitas na Nova Zelândia

Com profundo pesar, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul manifesta suas condolências aos familiares e vítimas do...

Leia mais

22.03.2019

FIRS recebe secretário de Ciência e Tecnologia

Na manhã de sexta-feira, 15 de março, a diretoria da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) recebeu...

Leia mais

22.03.2019