Notícias

Google endurece medidas para tirar conteúdo extremista do YouTube

23.06.2017

O Google adotará novas medidas para identificar e remover conteúdo ligado ao terrorismo, violência extremista e discurso de ódio do YouTube.

A empresa disse que adotará uma posição mais dura em relação a vídeos contendo conteúdo supremacista ou inflamatório, ao emitir alertas e não monetizá-los ou recomendá-los aos usuários, mesmo que os vídeos não violem claramente os termos da página.

O Google empregará mais recursos em engenharia e aumentará o uso de tecnologia para identificar vídeos extremistas, além de treinar novos avaliadores de conteúdo para rapidamente identificar e remover esse tipo de material.

“A verdade desconfortável é que reconhecemos ser necessário fazer mais contra a violência. E já”, disse Kent Walker, conselheiro-geral do Google.

A empresa também expandirá colaborações para identificar conteúdo que possa ser usado para radicalizar e recrutar extremistas. Também abordará potenciais recrutas do Estado Islâmico por meio de publicidade direcionada, em um esforço para fazê-los mudar de ideia.

Fonte: Folha de S.Paulo

Leia Mais

“Quatro anos sem Nisman: a verdade é a melhor homenagem”

Com razão se afirma que o promotor argentino Alberto Nisman foi a 86ª vítima do atentado à organização judaica...

Leia mais

18.01.2019

Aliáh: número de não judeus supera o de judeus em 2018, entenda por quê.

Por Marcus M. Gilban Pela primeira vez desde a independência em 1948, Israel anunciou que o número de olim...

Leia mais

18.01.2019

Minha Ligação Com Um Time da Segunda Divisão da Lituânia, por Amir Bliacheris

Amir Ribemboim Bliacheris O time da foto acima é o FK Utenis Utena, da cidade de Utenas, na Lituânia....

Leia mais

18.01.2019

Sancionada lei que permite faltar a provas por crença religiosa

O Diário Oficial da União publicou, no dia 4 de janeiro, alteração na Lei de Diretrizes e Bases da...

Leia mais

18.01.2019

Turismo de Jerusalém foi o que mais cresceu em 2018

De acordo com ranking divulgado pela Euromonitor International, empresa de pesquisa de mercado global, Jerusalém lidera entre as cidades...

Leia mais

21.12.2018