Notícias

Fundação Kadima recebe 7 indicações ao Prêmio Açorianos de Dança 2015

11.12.2015

O Centro de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre divulgou a lista de finalistas ao prêmio Açorianos de Dança 2015. O prêmio será entregue nesta terça-feira, 15 de dezembro, às 20 horas, no Teatro Renascença.

Em 2015 foram 15 espetáculos inscritos no prêmio. O grande júri, que julga os espetáculos inscritos, foi composto por Beatriz Diamante, Cristina Melnik, Débora Leal, Débora Wegner, Gerson Vargas, Gina Vitola, Gustavo Silva, Luís Felipe Silveira, Naira Nawroski e Roberta de Savian.

O Prêmio Açorianos, um dos mais prestigiados do Estado, contempla ainda as categorias de destaque por modalidades, como Danças Étnicas, balé, jazz, danças urbanas, entre outras, além das categorias de Novas Mídias em Dança e Projetos de Difusão e Formação. Essas categorias contam com júris especializados que somam um total de 25 profissionais da área.

O grupo Kadima, da Fundação Israelita Brasileira de Arte e Cultura Kadima, entidade filiada à FIRS, está indicado entre os finalistas em sete categorias: Espetáculo do Ano, Direção, Coreografia, Cenografia, Figurino, Produção e Destaque em Danças Étnicas.

Sobre o Kadima

Desde a sua criação, em 1979, o Grupo de Danças Kadima reúne em torno da linguagem da dança folclórica israeli, jovens dançarinos que interpretam e transmitem o folclore judaico. O grupo busca transmitir e preservar, através da dança, os valores, costumes, cultura e tradições judaicas. Ao longo de sua existência, o Kadima conquistou prêmios regionais e nacionais, percorreu o Brasil e países latino-americanos e mostrou, em Israel, o alto nível de suas coreografias. Vibrante, colorida e cheia de energia – assim é a dança israeli, fruto de infinitas fontes e influências. O Kadima traduz essa história em suas apresentações, cenários e figurinos. Seus shows vêm produzindo a admiração de milhares de pessoas ao longo do tempo.

Confira a lista completa dos finalistas do Prêmio Açorianos de Dança 2015:

Espetáculo do Ano
– Corpobolados, Gabriel Martins, Giovani Vergo e Paola Vasconcelos
– Etnias, Grupo Kadima
– Ìgbà – exercício de contemplação, Coletivo Moebius
– 4 x 3 x 2 – Quatro Trilogias dançadas a dois, Grupo Laços
– Um olhar através de, Transforma Companhia de Danças

Direção
– Paola Vasconcelos, por Corpobolados;
– Amanda Chmelnitsky de Mattos e  Lucas Fridman Schwetz, por Etnias;
– Douglas Jung, por  Ìgbà- exercício de contemplação;
– Izabela Gavioli e Lélio Santos, por 4 x 3 x 2 – Quatro trilogias dançadas a dois;
– Cláudia Sachs e Marco Fillipin, por SeteOito –  impermanências.

Bailarino
– Adriano Oliveira, por Corações Insones;
– Igor Zorzela, por O Lago dos Cisnes…revisitado;
– Marco Fillipin, SeteOito –  impermanências;
– Mariano Neto, por Corações Insones;
– Maurício Miranda, por Um Olhar através de.

Bailarina
– Andressa Pereira, por Corações Insones;
– Didi Pedone, por Corações Insones;
– Paola Vasconcelos, por Corpobolados/Produção MEZCLA;
– Stephanie Cardoso, por Corações Insones e  4 x 3 x 2 – Quatro Trilogias dançadas a dois.

Coreografia
– Gabriel Martins, Giovanni Vergo e Paola Vasconcelos, por Corpobolados;
– Amanda Chmelnitsky de Mattos.  Lucas Fridman Schwetz, Elana Fridman, Fabrício Zaltzman, por Etnias;
-Coletivo Moebius, por  Ìgbà- exercício de contemplação;
– Izabela Gavioli e Lélio Santos, por 4 x 3 x 2 – Quatro trilogias dançadas a dois;
– Suzana D’Avila e elenco, por Um olhar através de.

Cenografia
– Luís Cocolichio, por Espaço Arcabouço;
– Amanda Chmelnitsky de Mattos, Lucas Fridman Schwetz, Elana Fridman e Fabrício Zaltzman, por Etnias;
-Coletivo Moebius, por  Ìgbà- exercício de contemplação;
– Carmen Moré, por O Lago dos Cisnes…revisitado;
– ImadSleiman  e Iara Schneider, por Luminous;
– Kiko Angelim, por Normótico.

Iluminação
– Maurício Rosa, por Corações Insones;
– Fernanda Bertoncello Boff, por Corpobolados;
– Mirco Zanini, por Espaço Arcabouço;
-Guto Greca e Luka Ibarra, por  Ìgbà- exercício de contemplação;
– Carolina Zimmer, por Normótico;
– Guto Greca, por 4 x 3 x 2 – Quatro Trilogias dançadas a dois.

Figurino
– Atelie Alfa, por Corações Insones;
– Amanda Chmelnitsky de Mattos.  Lucas Fridman Schwetz e Elana Fridman, por Etnias;
– Anderson Luiz de Souza e Coletivo Moebius, por Ìgbà – exercício de contemplação;
– Carmen More, Kelly Pinheiro, Nilma Corrêa,  Marcela Corrêa, por O Lago dos Cisnes…revisitado;
– Grupo Laços, por 4 x 3 x 2 – Quatro Trilogias dançadas a dois.

Trilha Sonora
– Paola Vasconcelos, por Corpobolados;
– Guilherme Guinalli, por  Ìgbà- exercício de contemplação;
– Grupo My House com colaborações de Adriano Oliveira e Thiago Di Lucca, por Normótico;
– Izabela Gavioli, por  4 x 3 x 2 – Quatro trilogias dançadas a dois;
– Fernanda Rosa e Mateus Cosa(A Corda em Si), por Duas artes em sinfonia azul.

Produção
– Denise Turkienicz, Ida Nelstein, Marcela Roithmann, Rosane Krasner e Roseli Zelster, por Etnias;
– Lucida Desenvolvimento Cultural, por Ìgbà – exercício de contemplação;
– Lucida Desenvolvimento Cultural – Ana Paula Reis, Débora Nunes, Luka Ibarra e Taiane Panizzi, por O Lago dos Cisnes…revisitado;
– Luka Ibarra/Lucida Desenvolvimento Cultural, por  4 x 3 x 2 – Quatro trilogias dançadas a dois;
-Luka Ibarra/Lucida Desenvolvimento Cultural, por SeteOito –  impermanências.

Destaque em Dança do Ventre
– Brysa Mahaila, pela constante busca por aprimoramento teórico e prático e pela manutenção de espaços sistemáticos de formação e difusão da cultura da dança do ventre;
– Egnes Gawasy, pelas características didáticas na transmissão de seu saber;
– Emmeline Azah, pela oficina com as crianças durante o evento Festa Cigana no Parcão;
– Fernanda Mansur, pelo trabalho como coreógrafa de grupo, com destaque para a coreografia Fabulous Fluor;
– Manoela Bazacas, pela iniciativa de promover um evento incluindo apresentações artísticas, palestras e espaços de diálogo.
   
Destaque em Danças Urbanas
– Aluísio Gustavo, pelo trabalho de pesquisa como bailarino, pela versatilidade de suas performances;
– Driko, pelo trabalho como sócio-educador, de produção cultural e pela iniciativa de produção de trilhas sonoras para danças urbanas;
– Jukinha, pela criação e produção de eventos, atuação política defendendo a cultura hip hop e pelo trabalho de formação nas comunidades.

Destaque em Danças de Salão
– Espetáculo Corpobolados, pelo desenvolvimento de um conceito de criação coreográfica e direção do espetáculo;
– EA Produções, pelo fomento da dança de salão na cidade de Porto Alegre através dos eventos como o Dança Porto Alegre entre outros;
– 3º Encontro de Forró de Porto Alegre, pela divulgação e promoção do ritmo forró em Porto Alegre;
– Grupo Laços, pela manutenção de um grupo de dança de salão contemporânea em Porto Alegre;
– Espetáculo Mezcla, pela qualidade alcançada na produção, divulgação e figurinos do espetáculo.

Destaque em Danças Étnicas
– Grupo Kadima, pelo espetáculo Etnias e pelo conjunto de eventos promovidos em prol da divulgação da cultura israeli;
– Festa Cigana no Parcão (Evento XVIIIª Alma Cigana, Ritos, Cantos e Magias), pela continuidade, valorização e divulgação da cultura;
– Ògúndábèdé, pela divulgação da cultura yorubá;
– Grupo de Dança do Maracatu Truvão, pela pesquisa e divulgação desse folclore popular através desta contagiante arte da dança;
– Centro Cultural 25 de julho, pelo montante das diversas iniciativas de formação e divulgação ao longo do ano.

Destaque em Sapateado
– Gabriela Santos, pela realização do Flash Mob na Redenção e por seu trabalho como bailarina;
– Glenda Duarte, como divulgadora e organizadora de eventos de promoção da arte do Sapateado em Porto Alegre, como POA Tap, TAP Day e o espetáculo Matilda/Som;
– Leonardo Dias, como bailarino e coreógrafo na coreografia solo para o espetáculo anual  do Laboratório da Dança;

Novas Mídias em Dança
– Camundongos, drogas e arteci, de Giuli Lacorte e Lucas Tortorelli;
– Deitado na Areia – PEMBA, de Alessandro Rivellino;
– 3 Vozes Mind Vertice Nous Triskle ou Triskelion, de João Queiroz;
– VIVA A DANÇA, de Leonardo Lima Ferreira.

Destaque em Flamenco
– Giovani Capeletti, pela trajetória como guitarrista flamenco, parceiro das companhias da cidade e por seu trabalho autoral;
– Juliana Prestes, como uma referência internacional no flamenco de Porto Alegre, através de cursos ministrados fora do país e participação nas apresentações de artistas internacionais;
– Jam Del Puerto, pela iniciativa e oportunidade de dar conhecimento ao público dos trabalhos individuais dos artistas flamencos;
– La Mirada, pelo resgate da trajetória do Tablado Andaluz e sua relevância no flamenco em Porto Alegre;
– Sala 502 do Projeto Usina das Artes, pela programação de formação e divulgação do flamenco e intercâmbio com outros gêneros de dança, sob a coordenação do Grupo Sílvia Canarim.

Projetos de Difusão e Formação em Dança
– Casa Cultural Tony Petzhold, pelo histórico do espaço e pelo acolhimento dado ao fazer artístico em dança;
– Circo Híbrido, pela qualidade do projeto e pela proposta de hibridização da arte do circo e dança;
– 3º Encontro de Forró de Porto Alegre, pela abrangência e impacto na cidade trazendo profissionais relevantes e comprometidos com uma proposta pedagógica;
– Oncodance, inovação da relação arte e saúde, pelo voluntariado  e pela visibilidade alcançada pelo projeto;
– VIVA A DANÇA, pela originalidade da proposta em Porto Alegre e pela potencialidade de registro da memória da dança, bem como sua divulgação.

Destaque em Balé
– Adiene Fernandes, pela qualidade técnica e versatilidade no espetáculo Les Sylphides/Carmina Burana;
– Ballet Vera Bublitz, pela qualidade técnica do trabalho de produção e formação;
– Cristiane Figueiredo, pela excelência técnica e maturidade profissional;
– Gala Ballet, pelo alcance, integração e difusão da dança clássica na cidade;
– Naira Nawroski Centro de Artes Integradas, pela qualidade do trabalho de formação.

Destaque em Jazz
– Carol Dalmolin, pelo trabalho de formação, pela criação coreográfica e pela produção do espetáculo Textil;
– Igor Zorzela, pela qualidade técnica e artística no espetáculo O Lago dos Cisnes, pelo trabalho que vem desenvolvendo como bailarino e professor da técnica de jazz;
– Iluminação do espetáculo Um olhar através de, pela adequação ao conceito do espetáculo, sensibilizando e qualificando a cena;
– Espetáculo O Lago dos Cisnes… revisitado, pela inovação e ousadia da proposta de revistar um clássico do ballet através do jazz;
– Maurício Miranda, pela performance no espetáculo Um olhar através de.

Destaque em Dança Contemporânea
– Coletivo Moebius, pelo engajamento na constituição de um coletivo de artistas que gera autonomia de construção de arte;
– Eduardo Severino, pela produção, curadoria, articulação e divulgação do espaço da Sala 209/ Usina Gasômetro;
– Marco Fillipin, pelo trabalho de pesquisa no espetáculo SeteOito – impermanências;
– Necitra, pelo diálogo da dança com outras linguagens cênicas, propondo transversalidades;
– Projeto Macarenando Dance Concept, pela pesquisa de estratégias do encontro da dança com o público.

 

Fonte: Portal da Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Leia Mais

Brasil e Israel investirão US$ 5 milhões em cooperação tecnológica

Brasil e Israel assinaram acordo de cooperação tecnológica e inovação no valor de US$ 5 milhões para os próximos...

Leia mais

14.12.2018

Wizo RS realiza evento de encerramento das atividades em 2018

Mais de 100 chaverot participaram do encerramento das atividades da WIZO/ RS, nesta quarta-feira, no salão de festas da...

Leia mais

14.12.2018

Naamat Pioneiras realiza a primeira edição do Projeto Arte & Artistas evidenciando a obra de Tarsila do Amaral

A primeira edição gaúcha do projeto Arte & Artistas reuniu mais de 120 pessoas no Instituto Ling, no último...

Leia mais

14.12.2018

Conib envia carta de solidariedade a Dom Odilo Scherer pelo atentado na Catedral de Campinas

A Conib se solidarizou com as famílias das vítimas do atirador na Catedral de Campinas e com a Igreja...

Leia mais

14.12.2018

Comissão da Câmara dos Deputados aprova direito do aluno se ausentar de prova por motivo religioso

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou proposta que regulamenta a aplicação...

Leia mais

07.12.2018