Sobre

Desde 1904, quando os primeiros judeus, imigrantes vindo da Europa, instalaram-se no interior do Estado, a comunidade judaica gaúcha floreceu e se desenvolveu com o Rio Grande do Sul.

Hoje, a integração à sociedade gaúcha e brasileira é um fato consumado, e as gerações de judeus que sucederam os primeiros imigrantes construíram, ao longo dessa trajetória de mais de 100 anos, uma identidade judaica, gaúcha e brasileira.

Neste contexto foi fundada a entidade que iria representar a história desse povo bravo, obstinado, trabalhador, alegre e orgulhoso de suas raízes. Um povo que sabe valorizar sua terra, mas também preservar as relações de amizade entre outras culturas.

Através de atividades políticas, culturais e sociais, a então Federação das Sociedades Israelitas Brasileiras do Rio Grande do Sul deu inicio a um trabalho de êxito que permanece até os dias hoje. Um trabalho voltado à coordenação das atividades das suas entidades filiadas, razão de ser da Federação.

É da FIRS a responsabilidade de organizar as atividades e eventos de todas as entidades judaicas do estado, apoiando e estimulando seus acontecimentos. Também é papel da FIRS fomentar o ensino religioso judaico, fomentar a educação cívica e cultural por meio de conferências, cursos, publicações, e manter a memória da presença judaica no Estado. Além de ser da Entidade, a representação política perante as autoridades municipais, estaduais e federais.

Construindo relações olhando para o futuro

Nestes 50 anos de atividades ininterruptas, a comunidade judaica mudou e evoluiu junto com a sociedade gaúcha. A visão dos anos passados, de se voltar para dentro da comunidade para fortalecer seus vínculos, deu lugar à visão de maior inserção na comunidade maior.

Sem perder o foco na valorização das raízes judaicas, a FIRS, a través de suas entidades, passou promover uma maior participação na sociedade gaúcha, por meio da cultura, do conhecimento, da medicina e de atividades sociais. Era o momento de mostrar aos gaúchos o multiculturalismo judaico e de contribuir com a sociedade que lhe acolheu.

Assim, a Federação deu início a projetos e trabalhos voluntários hoje reconhecidos por todos e para todos os gaúchos, como patrocínio de concertos musicais, seminários, cursos, palestras, conferências, festivais de cinema, música, dança.

Missão

quotes A missão da Federação Israelita do Rio Grande do Sul é representar a comunidade judaica e coordenar as estratégias interinstitucionais a partir das entidades filiadas, tanto em nível interno, como na comunidade maior do Rio Grande do Sul, valorizando a preservação da sociedade plural em que vivemos e lutando pelo contínuo desenvolvimento da identidade judaica, sempre dentro dos valores, da moral e da ética milenar de nosso povo.