Notícias

FIRS é homenageada no Aniversário do 9º Batalhão da Polícia Militar

18.08.2017

A solenidade alusiva ao 62º aniversário do 9º Batalhão de Policia Militar, conhecido como “Batalhão Voluntários da Pátria”, presidida pelo comandante da unidade, tenente-coronel Oto Eduardo Amorim, foi realizada na última segunda-feira (14), no teatro do Sesc, no centro da capital. Na ocasião, foram concedidas comendas do 9º BPM aos policiais militares e personalidades da comunidade que se destacaram durante o ano. Um dos agraciados foi o presidente da Federação Israelita do RS, Zalmir Chwartzmann.

O comandante Amorim destacou o apoio recebido de empresários parceiros para a realização do evento. “Gostaria também de agradecer e destacar o trabalho de nossos policiais militares, salientando a dedicação e iniciativa destes homens e mulheres que dia e noite zelam pela segurança da comunidade”, lembrou.

Prestigiaram o evento, o chefe de gabinete do Comando-Geral e ex-comandante do 9º BPM , tenente-coronel Marcus Vinicius Gonçalves de Oliveira; o comandante do CPC, coronel Jefferson Barros Jacques; diretor do Departamento de Logística e Patrimônio, coronel Carlos Armindo Thomé Marques; presidente do Sindilojas, Paulo Kruse; presidente do CDL, Luiz Carlos Bohn; presidente da Fecomércio, Alcides Debus, demais autoridades civis e militares.

Histórico

A 12 de agosto de 1955, sob o signo de Leão, nasceu o 9º BPM, tendo como embrião a 1ª Companhia de Policiamento, com forte proteção divina de São Pedro e São Paulo (Santos padroeiros do Rio Grande do Sul). Seu primeiro Comandante foi o então Cap Octávio Frota.

Em 1956, foi lançado o moderno serviço de policiamento em duplas nos principais locais públicos e logradouros da Capital, tais como: Aeroporto Salgado Filho, Estação Férrea, Estação Rodoviária e ruas do Centro. Nos finais de semana, policiava eventos de bailes, festas, solenidades e as corridas no Hipódromo Moinhos de Vento.

Em 1958, a companhia transformou-se em Batalhão Policial Pedro e Paulo e, em 1967, assumiu a missão de Policiamento Ostensivo de Trânsito na zona norte da Capital.

Já em 1968, passou a chamar-se 6 º Batalhão de Polícia Militar ” Btl Cel Claudino Nunes Pereira” e em 1970, pelo Decreto nº 20.327/70, do Exmo Sr Governador do Estado Walter Peracchi Barcellos, passou a denominar-se 9º Batalhão de Polícia Militar “Btl Voluntários da Pátria”.

Ao receber esta denominação, obteve a honra de ostentar e seguir dignificando um dos maiores acervos de glórias da nossa Brigada Militar, o 9º Batalhão de Voluntários da Pátria. Tropa oriunda do então Corpo Policial da Província de São Pedro, hoje Brigada Militar, que compôs junto com Batalhões do Exército Brasileiro, a 6ª Divisão de Infantaria do Exército Brasileiro, organizada em 1866, integrante das Forças Brasileiras na Guerra do Paraguai.

Leia Mais

Comissão da Câmara dos Deputados aprova direito do aluno se ausentar de prova por motivo religioso

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou proposta que regulamenta a aplicação...

Leia mais

07.12.2018

Sobreviventes do Holocausto celebram Chanucá pelo mundo

Em noite especial da tradicional festa das luzes, sobreviventes do genocídio homenageiam os cerca de 6 milhões de judeus...

Leia mais

07.12.2018

Bolsonaro recebe embaixador de Israel na Granja do Torto

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, recebeu integrantes da sua equipe e o embaixador de Israel, Yossi Shelley, na Granja...

Leia mais

30.11.2018

Nelson Sirotsky e Letícia Wierzchowski fazem tarde de autógrafos de seu livro no auditório da FIRS

*por Marili Scliar Buchalter   No entardecer do dia 26 de novembro, no auditório da FIRS, o Departamento Cultural...

Leia mais

30.11.2018

FIRS participa da 49ª Convenção da CONIB

A Conib realizou, entre os dias de 23 a 25 de novembro em São Paulo, sua 49ª Convenção Anual, com...

Leia mais

30.11.2018